Selecione qualquer texto do Portal Álvaro Velho para ouvi-lo!   Click to listen highlighted text! Selecione qualquer texto do Portal Álvaro Velho para ouvi-lo! Powered By GSpeech
Recursos
KIOSK(ext)
WEBMAIL

TOP_Artigos

150 anos da Tabela Periódica dos Elementos Químicos

150 anos da Tabela Periódica dos Elementos Químicos

150 anos da Tabela Periódica dos Elementos Químicos - 1869 a 2019 2019 é o Ano Internacional da Tabela Periódica dos Elementos Químicos. Uma resolução das Nações Unidas e da UNESCO…

Ler mais.....

Retrato de Portugal

Retrato de Portugal

Retrato de Portugal - 2017     Já está disponível o novo Retrato de Portugal (versão 2017). Um resumo de indicadores desde 1960 até à atualidade, números que contam a…

Ler mais.....

Guiões de Educação Género e Cidadania

Guiões de Educação Género e Cidadania

Guiões de Educação Género e Cidadania Com os Guiões de Educação Género e Cidadania, pretende a Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género (CIG) responder à crescente e generalizada…

Ler mais.....

Brain 3M

Brain 3M

Projeto educativo que oferece uma forma diferente de dar aulas de neuroanatomia, integrando a tecnologia. Este programa, financiado pela Universidade Estadual da Pensilvânia, conta com uma plataforma que combina diferentes…

Ler mais.....

Perfil dos alunos à saída da Escolaridade Obrigatória no séc.XXI

Perfil dos alunos à saída da Escolaridade Obrigatória no séc.XXI

Perfil dos alunos à saída da Escolaridade Obrigatória O documento, 'Perfil dos alunos à saída da Escolaridade Obrigatória' (ver anexos) encontra-se em consulta pública até ao dia 13 de março…

Ler mais.....

A ESCOLA INCLUSIVA: DESAFIOS

A ESCOLA INCLUSIVA: DESAFIOS

A ESCOLA INCLUSIVA: DESAFIOS - IGEC A presente publicação (ou clica na imagem) pretende, partindo das conclusões do trabalho dos inspetores da Educação, em cada escola, dar mais um contributo para…

Ler mais.....

Selva - o lugar de todos os animais

Selva - o lugar de todos os animais

  A Selva é uma Plataforma informativa que pretende abordar várias áreas da vida animal e das relações entre humanos e os demais animais que connosco partilham o Planeta. Entre…

Ler mais.....

Dados e Estatísticas do Ensino Básico, Secundário e Superior

Dados e Estatísticas do Ensino Básico, Secundário e Superior

Infocurso, um site ao qual os alunos podem recorrer para conhecerem melhor o nossos ensino básico, secundário e superior. Os cursos disponíveis no ensino superior Que cursos tem cada Universidade…

Ler mais.....

O FUTURO DO TRABALHO

O FUTURO DO TRABALHO

O FUTURO DO TRABALHO clica na imagem UM OLHAR SOBRE AS PROFISSÕES E O EMPREGO PERANTE O IMPACTO TRANSFORMADOR DA QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL. Chamam-na a Quarta Revolução Industrial. E não…

Ler mais.....

Envelhecer em Portugal e na Europa

Envelhecer em Portugal e na Europa

Quanto tempo podemos esperar viver? E com que qualidade? Que problemas éticos estamos a enfrentar? Num país envelhecido como Portugal, como está a sociedade a mudar para enfrentar os desafios…

Ler mais.....

Regresso às aulas

Regresso às aulas

Regresso às aulas - estratégias para prevenir as dificuldades numa fase de transição e de adaptação na escola Para algumas crianças, setembro representa o início de mais um ano letivo,…

Ler mais.....

Arquivo de Provas e Exames

Arquivo de Provas e Exames

Arquivo de Provas e Exames O Banco de Exames e Provas é um arquivo de todos os instrumentos de avaliação concebidos no âmbito da missão do GAVE, desde 1997. Neste…

Ler mais.....

Descobrimentos Portugueses

Descobrimentos Portugueses

Descobrimentos Portugueses - aplicativo ANDROID Aplicação sobre os Descobrimentos Portugueses, destinada aos alunos de História e Geografia de Portugal do 2º ciclo de escolaridade. Inclui 22 atividades sobre o tema…

Ler mais.....

Novas regras relativas a dados pessoais

Novas regras relativas a dados pessoais

Novas regras relativas a dados pessoais Há novos desafios na proteção de dados com a entrada em vigor do novo Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) em 25 de…

Ler mais.....

O que é ser europeu?

O que é ser europeu?

O que é ser europeu? Com 512 milhões de habitantes, a União Europeia oferece direitos, garantias e oportunidades comuns aos seus cidadãos. Mas não faltam desafios...(ver anexos ou clica na…

Ler mais.....

As alterações climáticas

As alterações climáticas

As alterações climáticas já estão a mudar o mundo Devido ao {tip title="Efeito de estufa" content="Fenómeno natural que ocorre quando a radiação visível (V) e parte da radiação ultravioleta (UV) provenientes…

Ler mais.....

Guias de Biodiversidade de Lisboa

Guias de Biodiversidade de Lisboa

Guias de Biodiversidade de Lisboa Lisboa acolhe uma grande diversidade de aves cuja beleza é reconhecidamente assinalável. Este importante grupo de espécies encontra na cidade alimentação, local de nidificação e…

Ler mais.....

Minecraft Hour of Code Tutorials

Minecraft Hour of Code Tutorials

Minecraft Hour of Code Tutorials A Microsoft e a Code.org associaram-se novamente, para oferecerem um novo recurso gratuito para aprender a lógica da programação, seguindo a famosa metodologia dos blocos…

Ler mais.....

O retrato dos jovens em Portugal

O retrato dos jovens em Portugal

O retrato dos jovens em Portugal - estudo PORDATA Sabia que, desde 1993, os jovens dos 16 aos 24 anos são maioritariamente inactivos? Ou que a taxa de desemprego jovem…

Ler mais.....

Portugal Desigual

Portugal Desigual

  Com este site, apresenta-se uma nova análise sobre os impactos da crise económica: o estudo “Desigualdade do Rendimento e Pobreza em Portugal: Consequências Sociais do Programa de Ajustamento”, da…

Ler mais.....

User Rating: 5 / 5

A figura de encarregado de educação e as responsabilidades parentais - conceitos e boas práticas

encarregado de educacao

As escolas, os pais, as mães e os encarregados de educação encontram todos os anos alguma confusão quanto ao entendimento sobre a figura de encarregado de educação e o exercício comum das responsabilidades parentais. Convém, assim, esclarecer alguns conceitos e boas práticas sobre esta matéria.

Considera-se encarregado de educação quem tiver menores a residir consigo ou confiados aos seus cuidados (n.º 4 do artigo 43.º do Estatuto do Aluno e Ética Escolar):

  1. Pelo exercício das responsabilidades parentais;
  2. Por decisão judicial;
  3. Pelo exercício de funções executivas na direção de instituições que tenham menores, a qualquer título, à sua responsabilidade; 
  4. Por mera autoridade de facto ou por delegação, devidamente comprovada, por parte de qualquer das entidades referidas nas alíneas anteriores.

Em caso de divórcio ou de separação, e na falta de acordo dos progenitores, considera-se que o encarregado de educação será o progenitor com quem o menor fique a residir (n.º 5 do artigo 43.º do Estatuto do Aluno e Ética Escolar). No entanto, os estabelecimentos de ensino dispõem de um certo grau de autonomia em termos organizacionais que lhes permite a possibilidade de fixar no seu regulamento interno a figura de dois encarregados de educação, circunstância que não é proibida pela legislação em vigor. Tal opção pode evitar constrangimentos para a escola e diminuir o conflito parental, ou pelo menos não o alimentar.

Residência alternada

Quanto a situações de residência alternada, estando a mesma estabelecida com qualquer um dos progenitores, deverão estes decidir, por acordo, quem exerce as funções de encarregado de educação. Na falta desse acordo, o exercício das funções de encarregado de educação é decidido pelo tribunal (n.º 6 do artigo 43.º do Estatuto do Aluno e Ética Escolar). Aconselha-se aqui, nestas circunstâncias legais, a sugestão, por parte da escola, da opção pela figura de dois encarregados de educação ou pela situação em que cada um dos pais ou mães alterne nesta figura, por ano letivo.

Contactos em ambiente escolar

No uso da figura de encarregado de educação não raras vezes encontramos exigências à escola, por parte de um pai ou de uma mãe, que impedem que se estabeleça contacto com o(a) filho(a) em ambiente escolar. Essas exigências geralmente acontecem em contexto de divórcio/ separação e de conflito parental. Mas o que devem as escolas fazer perante tal exigência? Qualquer pai, mãe ou encarregado de educação não pode exigir à escola que impeça que o outro progenitor estabeleça contacto com o(a) seu(sua) filho(a), salvo se esse contacto perturbar o normal funcionamento do estabelecimento de ensino ou as atividades curriculares da criança, circunstância que deve ser avaliada em concreto pelos órgãos de administração e gestão do estabelecimento de ensino ou pelo diretor de turma ou professor titular. Assim, as limitações ou restrições nos contactos pessoais de um progenitor com o filho suportadas apenas na orientação ou na vontade do outro progenitor não devem merecer qualquer apoio ou suporte junto dos órgãos de administração e gestão do estabelecimento de ensino, ou mesmo por parte dos docentes e dos assistentes operacionais que tenham contacto mais frequente com a criança.

Convocatória para reuniões

Geralmente, na sequência deste tipo de problemas, depara-se a escola com a dúvida se deverá convocar diretamente para as reuniões de pais e encarregados de educação o progenitor que não exerce as funções de encarregado de educação. Se tal for solicitado pelo progenitor que não é o encarregado de educação, deverá a escola informar atempadamente o mesmo sobre o dia, a hora e o local da reunião de pais. Na ausência de indicação contrária, pressupõe-se que tal informação é passada ao outro progenitor pelo encarregado de educação. Uma vez presentes, e por questões de trâmite processual quanto ao exercício das responsabilidades parentais que correm em tribunal, levanta-se frequentemente a dúvida se os progenitores que não são encarregados de educação devem ou não assinar as folhas de presença nas reuniões de pais e encarregados de educação. A verdade é que muitas escolas já o fazem e constitui uma boa prática que cada estabelecimento de ensino garanta a existência de uma folha de presenças para pais/ mães, independentemente da identificação da presença do encarregado de educação. Embora tal procedimento não se encontre expressamente previsto na legislação escolar, trata-se de um ato de bom senso e de boas práticas que pode evitar ou atenuar efeitos nefastos de possíveis conflitos parentais causados por tal omissão, auxiliando, assim, a escola e zelando pelos interesses da criança.

ADAPTADO de Associação Portuguesa para a Igualdade Parental e Direitos dos Filhos

 

Anexos:
Access this URL (https://alvarovelho.net/index.php/recursos/documentos/send/25-enc-de-educacao-e-educandos/592-guia-parental-fev2014-net)592-guia-parental-fev2014-net[GUIA para os estabelecimentos de ensino, pais, mães e encarregados de educação]0 kB
Access this URL (https://alvarovelho.net/index.php/recursos/documentos/send/25-enc-de-educacao-e-educandos/593-o-papel-e-a-intervencao-da-escola-em-situacoes-de-conflito-parental)593-o-papel-e-a-intervencao-da-escola-em-situacoes-de-conflito-parental[O PAPEL E A INTERVENÇÃO DA ESCOLA EM SITUAÇÕES DE CONFLITO PARENTAL]0 kB
Click to listen highlighted text! Powered By GSpeech