Selecione qualquer texto do Portal Álvaro Velho para ouvi-lo!   Click to listen highlighted text! Selecione qualquer texto do Portal Álvaro Velho para ouvi-lo! Powered By GSpeech
Recursos
KIOSK(ext)
WEBMAIL

TOP_Artigos

150 anos da Tabela Periódica dos Elementos Químicos

150 anos da Tabela Periódica dos Elementos Químicos

150 anos da Tabela Periódica dos Elementos Químicos - 1869 a 2019 2019 é o Ano Internacional da Tabela Periódica dos Elementos Químicos. Uma resolução das Nações Unidas e da UNESCO…

Ler mais.....

Retrato de Portugal

Retrato de Portugal

Retrato de Portugal - 2017     Já está disponível o novo Retrato de Portugal (versão 2017). Um resumo de indicadores desde 1960 até à atualidade, números que contam a…

Ler mais.....

Guiões de Educação Género e Cidadania

Guiões de Educação Género e Cidadania

Guiões de Educação Género e Cidadania Com os Guiões de Educação Género e Cidadania, pretende a Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género (CIG) responder à crescente e generalizada…

Ler mais.....

Brain 3M

Brain 3M

Projeto educativo que oferece uma forma diferente de dar aulas de neuroanatomia, integrando a tecnologia. Este programa, financiado pela Universidade Estadual da Pensilvânia, conta com uma plataforma que combina diferentes…

Ler mais.....

Perfil dos alunos à saída da Escolaridade Obrigatória no séc.XXI

Perfil dos alunos à saída da Escolaridade Obrigatória no séc.XXI

Perfil dos alunos à saída da Escolaridade Obrigatória O documento, 'Perfil dos alunos à saída da Escolaridade Obrigatória' (ver anexos) encontra-se em consulta pública até ao dia 13 de março…

Ler mais.....

A ESCOLA INCLUSIVA: DESAFIOS

A ESCOLA INCLUSIVA: DESAFIOS

A ESCOLA INCLUSIVA: DESAFIOS - IGEC A presente publicação (ou clica na imagem) pretende, partindo das conclusões do trabalho dos inspetores da Educação, em cada escola, dar mais um contributo para…

Ler mais.....

Selva - o lugar de todos os animais

Selva - o lugar de todos os animais

  A Selva é uma Plataforma informativa que pretende abordar várias áreas da vida animal e das relações entre humanos e os demais animais que connosco partilham o Planeta. Entre…

Ler mais.....

Dados e Estatísticas do Ensino Básico, Secundário e Superior

Dados e Estatísticas do Ensino Básico, Secundário e Superior

Infocurso, um site ao qual os alunos podem recorrer para conhecerem melhor o nossos ensino básico, secundário e superior. Os cursos disponíveis no ensino superior Que cursos tem cada Universidade…

Ler mais.....

O FUTURO DO TRABALHO

O FUTURO DO TRABALHO

O FUTURO DO TRABALHO clica na imagem UM OLHAR SOBRE AS PROFISSÕES E O EMPREGO PERANTE O IMPACTO TRANSFORMADOR DA QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL. Chamam-na a Quarta Revolução Industrial. E não…

Ler mais.....

Envelhecer em Portugal e na Europa

Envelhecer em Portugal e na Europa

Quanto tempo podemos esperar viver? E com que qualidade? Que problemas éticos estamos a enfrentar? Num país envelhecido como Portugal, como está a sociedade a mudar para enfrentar os desafios…

Ler mais.....

Regresso às aulas

Regresso às aulas

Regresso às aulas - estratégias para prevenir as dificuldades numa fase de transição e de adaptação na escola Para algumas crianças, setembro representa o início de mais um ano letivo,…

Ler mais.....

Arquivo de Provas e Exames

Arquivo de Provas e Exames

Arquivo de Provas e Exames O Banco de Exames e Provas é um arquivo de todos os instrumentos de avaliação concebidos no âmbito da missão do GAVE, desde 1997. Neste…

Ler mais.....

Descobrimentos Portugueses

Descobrimentos Portugueses

Descobrimentos Portugueses - aplicativo ANDROID Aplicação sobre os Descobrimentos Portugueses, destinada aos alunos de História e Geografia de Portugal do 2º ciclo de escolaridade. Inclui 22 atividades sobre o tema…

Ler mais.....

Novas regras relativas a dados pessoais

Novas regras relativas a dados pessoais

Novas regras relativas a dados pessoais Há novos desafios na proteção de dados com a entrada em vigor do novo Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) em 25 de…

Ler mais.....

As alterações climáticas

As alterações climáticas

As alterações climáticas já estão a mudar o mundo Devido ao {tip title="Efeito de estufa" content="Fenómeno natural que ocorre quando a radiação visível (V) e parte da radiação ultravioleta (UV) provenientes…

Ler mais.....

Guias de Biodiversidade de Lisboa

Guias de Biodiversidade de Lisboa

Guias de Biodiversidade de Lisboa Lisboa acolhe uma grande diversidade de aves cuja beleza é reconhecidamente assinalável. Este importante grupo de espécies encontra na cidade alimentação, local de nidificação e…

Ler mais.....

O que é ser europeu?

O que é ser europeu?

O que é ser europeu? Com 512 milhões de habitantes, a União Europeia oferece direitos, garantias e oportunidades comuns aos seus cidadãos. Mas não faltam desafios...(ver anexos ou clica na…

Ler mais.....

O retrato dos jovens em Portugal

O retrato dos jovens em Portugal

O retrato dos jovens em Portugal - estudo PORDATA Sabia que, desde 1993, os jovens dos 16 aos 24 anos são maioritariamente inactivos? Ou que a taxa de desemprego jovem…

Ler mais.....

Minecraft Hour of Code Tutorials

Minecraft Hour of Code Tutorials

Minecraft Hour of Code Tutorials A Microsoft e a Code.org associaram-se novamente, para oferecerem um novo recurso gratuito para aprender a lógica da programação, seguindo a famosa metodologia dos blocos…

Ler mais.....

Portugal Desigual

Portugal Desigual

  Com este site, apresenta-se uma nova análise sobre os impactos da crise económica: o estudo “Desigualdade do Rendimento e Pobreza em Portugal: Consequências Sociais do Programa de Ajustamento”, da…

Ler mais.....

User Rating: 0 / 5

Estado da Educação 2017

ee2017

Repensar a organização do Ensino Básico, dividido atualmente em três ciclos, eventualmente acabando com o 2.º, é um dos alertas que sobressai do relatório “Estado da Educação 2017”, divulgado esta quarta-feira pelo Conselho Nacional de Educação (CNE). As taxas de retenção e desistência têm vindo a diminuir nos últimos anos, atingindo o valor mais baixo da última década, em todos os três ciclos de ensino, no ano letivo anterior. É nos anos de transição de ciclo que os alunos têm mais dificuldades e acabam por ficar retidos. As escolas têm menos professores, e mais envelhecidos, e menos funcionários.

RETENÇÃO

Taxa de retenção

O relatório do CNE revela que a taxa de retenção atingiu o valor mais baixo da última década no ano letivo de 2016/2017. No 1.º ciclo, a taxa baixou para os 3%, uma redução de cerca de 40% relativamente a 2014. No 2.º e 3.º ciclos, as taxas rondam agora os 5,8% e os 8,5%, respetivamente, o que significa uma redução de cerca de 50% e 60% relativamente a 2013. É entre os alunos de famílias mais carenciadas que há mais chumbos, realidade mais recorrente entre as crianças filhas de pais com menos formação escolar. E é também nas regiões do interior do país que se encontram percentagens mais elevadas de insucesso, segundo o relatório do CNE que, pela primeira vez, dedica todo um capítulo a essa região. O insucesso escolar continua a atingir mais os rapazes do que as raparigas.

DOCENTES

Corpo docente e não docente

O corpo docente das escolas públicas está envelhecido, mais de 40% dos professores beneficiam de uma redução horária pelo facto de já terem mais de 50 anos. O que não é uma novidade. Apenas 0,4% dos professores têm menos de 30 anos de idade. O ensino público tem professores cada vez mais velhos - quase 80% do corpo docente tem idades entre os 40 e os 59 anos, sendo a faixa etária entre os 50 e os 59 a que tem maior representatividade, agregando 38,5% dos professores. No privado, quase 75% têm entre 30 e 49 anos e 6,2% menos de 30 anos. No pré-escolar, básico e secundário, entre 2007 e 2008 e entre 2016 e 2017, as escolas perderam 30 370 docentes, registando um total, no último ano letivo em análise no relatório, de 145 549 profissionais. A quebra deu-se quase por inteiro no sistema público, que perdeu 28 426 docentes, contra os 1944 que saíram das escolas privadas. Numa análise à evolução do total de funcionários nas escolas, o ensino público registou um pico em 2013/2014 com 57 988 trabalhadores não docentes, ano em relação ao qual se regista uma queda de mais de cinco mil funcionários em 2016/2017 com 52 585 trabalhadores.

DESPESAS

Despesas do Estado com Educação

Em relação às despesas do Estado com Educação, o relatório do CNE dá nota de uma ligeira redução em 2017 face a 2016, ainda que ressalve que os dados relativos a 2016 são valores provisórios e que os relativos a 2017 são preliminares. Ainda assim, os números indicam que a despesa cai 8,3 milhões de euros, de 8545,8 milhões de euros para 8537,5 milhões. O CNE destaca, por outro lado, que em 2017 se atingiu a menor despesa, desta década, com contratos de associação com os colégios privados. De um máximo de 237,3 milhões de euros gastos em 2010 com contratos de associação passou-se para 92,6 milhões de euros em 2017. Nesse ano, o Estado gastou ainda 23,2 milhões de euros com contratos simples no ensino privado. Em queda está também a despesa com o ensino profissional, que depois de em 2010 ter ultrapassado 550 milhões de euros, fixou-se nos 380 milhões de euros em 2017.

ESCOLARIZAÇÃO

Taxa de escolarização

A taxa de escolarização de crianças e jovens, dos cinco aos 14 anos de idade, é hoje de 98%, e a frequência dos jovens no Ensino Superior subiu de 5% para 43%. A percentagem dos que concluíram, pelo menos, o Ensino Secundário aumentou. “Entre os adultos, apesar de um expressivo crescimento (20 pontos percentuais na década) da percentagem dos que têm, pelo menos, o ensino secundário completo, contam-se ainda cerca de 2,5 milhões de cidadãos, maiores de 15 anos, que têm no máximo o 1.º ciclo do ensino básico”, lê-se na introdução do relatório que refere, a propósito, “que a frequência de ofertas de educação e formação para adultos, apesar de ter retomado algum ímpeto, ainda está aquém do desejável”. Em 2016/2017, havia cerca de 42 mil adultos matriculados em ofertas de educação e formação do Ensino Secundário. Entre as mais baixas qualificações, e apesar da taxa de analfabetismo se situar pouco acima dos 5%, o relatório do CNE destaca os 2,5 milhões de portugueses com mais de 15 anos que não concluíram mais do que o 1.º Ciclo do Ensino Básico e refere que, em 2017, havia apenas 2598 portugueses inscritos no programa de formação em competências básicas - que permite obter competências de leitura, escrita, cálculo e tecnologias de informação e comunicação necessárias para aceder a um curso de educação e formação de adultos (EFA) ou para encaminhar para um processo de reconhecimento, validação e certificação de competências (RVCC) de nível básico. Segundo o CNE, a situação portuguesa “poderá dever-se, quer à fraca mobilização da população adulta para melhorar os seus níveis de escolaridade, quer à escassez da oferta de cursos em regime pós-laboral, por parte das instituições de ensino superior”. O relatório aponta ainda que em Portugal, contrariando a tendência da União Europeia, são os desempregados que mais procuram ofertas de aprendizagem ao longo da vida.

Computadores

Computadores disponíveis

A aposta nas salas de aula do futuro, com 40 espaços criados em 26 agrupamentos e escolas não agrupadas desde 2014, contrasta com o envelhecimento e redução do número de computadores disponíveis por aluno. O CNE lembra que a decisão de apetrechar essas salas é da iniciativa das escolas, mas está muito dependente das parcerias que conseguem mobilizar, ou seja, de financiamento que não passa pelo Ministério da Educação. Segundo o CNE, em 2016/2017, com um total de 302.415 computadores, havia menos 134 445 computadores do que em 2014/2015 (436 870), “o que corresponde a uma quebra de 31%, sendo o setor público o mais afetado”. Em 2016/2017, 12% dos computadores disponíveis não tinham ligação à internet e a maioria eram computadores de secretária e não portáteis. “O material disponível parece acusar alguma antiguidade na medida em que a percentagem de computadores em uso há mais de três anos, que em 2014-2015 era de 56,9%, em 2016-2017 representa 76,5% dos computadores existentes”, lê-se no relatório. Nas escolas públicas, o número médio de alunos por computador disponível era de 6,5 alunos no 1.º ciclo e de 3,6 ou 3,7 nos restantes ciclos de ensino.

Click to listen highlighted text! Powered By GSpeech