Relações bióticas na Horta!

As pragas tentam atacar!!!
Estivemos a apanhar as lagartas à mão e os seus ovos…

Lifeinvasqua- espécies invasoras

Os nossos trabalhos realizados no âmbito do projeto Lifeinvasqua -especies invasoras foi publicado no jornal local como forma de partilhar esta problemática local e global.

https://www.rostos.pt/inicio2.asp?cronica=7001977&mostra=2

Etwinning Project “Discovering Flavours of the Europe”- Turkish day

No âmbito deste projeto Etwinning organizámos um almoço onde a ementa era apenas comida turca.

A elaboração do almoço contou com a grande colaboração da professora Ana Dias, quer na pesquisa de receitas turcas, quer na elaboração dos pratos. Pode até dizer-se que foi a mentora deste almoço e tratou de toda a decoração do espaço.

Agradecemos também ao professor Rui Sequeira ter cedido o espaço “Ginásio da Baixa da Banheira” e a colaboração na realização da ementa.

Ainda, e como não poderia deixa de ser, a excelente participação e colaboração dos colegas da Escola Álvaro Velho.

https://photos.app.goo.gl/u6tMtTaf8unvydpU8

Espécies Exóticas da Península Ibérica

Os peixes, moluscos e crustáceos são os principais grupos de espécies exóticas de água doce na Península, segundo os especialistas.

As principais áreas de origem são a Europa e a América do Norte.

Os vetores principais de introdução são como contaminante, ornamental e as pescas.

Projeto Ibérico Lifeinvasaqua

Um projeto de informação sobre espécies invasoras aquáticas Ibéricas.

Jacinto-de-água(Eichhorniacrassipes)

Esta bela espécie invasora, originária da América do Sul e que apareceu em Portugal nos anos 30, caracteriza-se por um rápido crescimento quando encontra condições adequadas, podendo mesmo duplicar-se em poucos dias.

O problema é que os jacintos de água criam uma espécie de tapete que, muitas vezes, cobre totalmente a superfície da água. E é este tapete que faz com que a luz incidente seja reduzida, diminuindo assim a qualidade da vida aquática, levando em muitos casos à eutrofização (excesso de nutrientes ricos compostos químicos ricos em fósforo ou nitrogénio). Para além do impacto nos ecossistemas, os jacintos impedem ainda a navegação e entopem os canais, dificultando a pesca e o uso recreativo do rio.

Horta pedagógica.

No âmbito dos projeto Erasmus “Go green” e etwinnning projects procedemos à organização de uma horta pedagógica.

Como há falta de espaço e a terra não apresenta as melhores condições decidimos fazer uns canteiros subidos construídos pela turma CEF jardinagem com a reciclagem de paletes.

As primeiras plantações contaram com a ajuda dos ecoamigos e de alguns curiosos que quiseram juntar-se!

Sorteio “Green Market”

Esta semana (27 a 31 de janeiro) vamos sortear a agenda da Fernanda Botelho aos participantes no cabaz semanal de produtos biológicos…PARTICIPEM!

GREEN MARKET

A turma CEF jardinagem foi responsável por mais um mercado semanal de produtos biológicos. Pretende-se que toda a comunidade escolar se familiarize com os legumes biológicos e a sua importância. Ainda, a venda de produtos ecológicos como sacos de rede para substituir os plásticos e bolsas aromáticas de alfazema para perfumar gavetas!

Recolha de plástico

O MARE vem à Escola

No dia 15 de janeiro tivemos a presença do MARE- – Centro de Ciências Marinhas e Ambientais (centro de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação). http://www.mare-centre.pt/en .

A atividade apresentada foi “A Era do lixo Marinho”…

“Devemos sempre em primeiro recusar e reduzir o nosso consumo e só depois reutilizar e reciclar”..Será que precisamos de comprar tantas coisas??? O nosso consumismo, nomeadamente nos plásticos descartáveis, está a pôr em causa a vida marinha!

Algum lixo encontrado num simples passeio na praia

Obrigada Luisa pela excelente explicação desta grande problemática e pela sensibilização dos nossos alunos.