Poupar Água

AQUAMETRAGEM vence prémio no Festival de Cinema sobre Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas

Green Festival- II Edição

Formação de Professores com a temática: “As TIC ao serviço do Ambiente”.

Agradecemos à formadora Sónia Barbosa a excelente formação.

Green Festival- II Edição

Estiveram presentes duas Associações ambientais WWF Associação CLARO.

As palestras realizadas pelas Associações foram uma sensibilização para o consumo sustentável de peixe e para a problemática dos plásticos. Ainda atitudes que podemos tomar no dia a dia para tornar menor a nossa pegada ecológica.

A nossa Escola adotou o Atum rabilho e o Lince Ibérico como forma de apoiar o trabalho realizado por estas ONGs.

Green Festival- II Edição

Não podia faltar a costura criativa, com aproveitamento de tecidos, no nosso Green Festival.

A artesã Ana Paula Marques expôs os seus lindos e ecológicos artigos.

Costura criativa com a artesã Ana Paula Marques
Artigos realizados com aproveitamento de tecidos utilizando a técnica Patchwork

Green Festival- II Edição

II Edição do Green Festival decorreu durante 2 dias, 29 e 30 de maio, e contou com inúmeras atividades, formação de pessoal docente e não docente no âmbito da temática da Educação Ambiental.

II Edição do Green Festival contou com a participação ativa dos alunos do pré escolar, no passado dia 29 de maio. Durante as aulas, os alunos das Sala Vermelha, Verde, Lilás, Azul, Amarela e Branca envolveram-se na construção de jogos, tendo por base garrafas, garrafões, cartões, cordas e outros materiais do dia a dia. O resultado final dos jogos construídos foi fantástico e a manhã do Green Festival contou com os nossos alunos a movimentarem-se, a brincarem e a desenvolverem a sua motricidade integrada no tema da reciclagem. Meninos pequenos mas com muito talento! Houve ainda um momento de sensibilização e atuação musical no auditório onde se debateu o efeito do lixo gerado todos os dias pela população humana e as suas consequências no meio ambiente. Resta aproveitar os jogos criados e utilizá-los nos recreios escolares!

Lista Vermelha de plantas de Portugal

Conseguimos mobilizar mais dois apadrinhamentos de plantas.

A turma 9ºA e os membros do projeto Etwinning ” A european seed….a better future”! Agradecemos este duplo contributo que ajudará a Sociedade Portuguesa de Botânica.

Visita ao ISEL, Lisboa

No dia 2 de abril realizámos uma saída da escola em transportes púbilcos, barco e metro, até ao ISEL. O motivo foi a realização de análises químicas às águas dos nossos rios Tejo e Coina no âmbito do projeto Osos (Open Schools for Open Societies).

Fomos recebidos pela Drª Teresa e a sua equipa que deram as orientações protocolares para a análise aos metais pesados das águas da praia Barra-a-Barra e Coina.

As análises realizadas num espectofetómetro permitiram ver a presença de zinco e chumbo mas nos parâmetros aceitáveis para a saúde humana.

Partilha de Boas Práticas Ambientais com professores

Fomos convidados pelo Centro de Ciência Viva para partilhar o trabalho realizado “fora de portas” na nossa Escola.

A apresentação que se segue representa o trabalho desenvolvido durante este ano letivo 2018/2019 no clube e projeto Osos (Open Schools for Open Socities). Os links correspondem a vídeos que complementam as atividades.

O trabalho de campo e o contacto direto com a Natureza são muito importantes na aprendizagem dos alunos tornando-os cada vez mais proativos nas questões ambientais. Além disso, conseguem- se desenvolver competências interdisciplinares e de cidadania, assim como também, a socialização, o “Saber estar” e “saber ser”.

Publicação do Centro Ambiental do Barreiro (CEA)

Projeto OSOS ( Open Schools for Open Socities): “Environmental recovery of our coast – Sustainability of the environmental and historical / cultural heritage of the surrounding area of Barreiro”

Dia 27 de março, em parceria com a Escola Augusto Cabrita, realizámos uma saída de campo para recolher e analisar a água do rio Coina.

Medimos a temperatura da água, realizámos análises de ph, dureza, nitratos, etc e medimos a velocidade da água. Ainda, observamos macroinvertebrados como as planárias, o que nos indica que o estado da
agua do rio é mediocre.

Além disso recolhemos lixo das margens deste rio. Estas estavam bastante poluídas nomeadamente por plásticos.

Durante a tarde realizámos o descasque de Acácias no âmbito do projeto Life Biodiscoveries Barreiro.

Tivemos o apoio dos monitores do Centro Ambiental da Mata da Machada. OBrigada ao Mauro e à Joana a excelente colaboração na nossa investigação.