EB23 de Álvaro Velho

User Rating: 0 / 5

User Rating: 0 / 5

“SOS BICHARADA - Associação de Defesa Animal do Barreiro” - visita de estudo

gatil ve2022

No âmbito da disciplina de Cidadania e Desenvolvimento, relacionada com o tema “Educação Ambiental”, a turma do 5.º A, realizou uma Visita de Estudo à Associação - “SOS BICHARADA - Associação de Defesa Animal do Barreiro”, no dia 30 de março. Esta visita teve como principal objetivo, promover comportamentos que contribuam para o voluntariado e a preservação do meio ambiente que nos rodeia. Nesse sentido, a turma do 5.º A, além de visitar o Gatil, contribuiu ainda, com alimentos para os animais, oferecidos pelos Encarregados de Educação dos alunos.

As professoras expressam um sincero agradecimento a todos aqueles, que de alguma forma colaboraram nesta atividade, nomeadamente agradecer a toda a equipa de voluntários a disponibilidade e a atenção demonstrada na nossa visita ao Gatil. Também um agradecimento à nossa amiga e voluntária, Lina silva que nos acompanhou na visita. Foi um prazer partilhar este momento e poder acompanhar de perto toda a dedicação que os voluntários têm com os animais. Os alunos adoraram esta experiência, bem como as professoras! Foi uma tarde muito agradável! Muitos Parabéns, pelo trabalho realizado na Associação “SOS Bicharada”!! 

Observação: A Diretora, Cristina Nogueira, é a líder de uma equipa de voluntários que ao longo de 19 anos tem mantido esta associação, prestando um relevante serviço à comunidade.

 

User Rating: 0 / 5

Projeto e-twinning Arkadaşım Oyun 2.0 | My Friend Game 2.0

Captura114837

Os alunos das turmas A, B, C, D e E do 5.º ano e das A, B e C do 6.º ano, na disciplina de Educação Musical, encontram-se a participar no Projeto e-twinning Arkadaşım Oyun 2.0 | My Friend Game 2.0, que se baseia na premissa que o brincar/ jogar tem contribuições muito importantes para a vida das crianças e jovens em termos de desenvolvimento emocional, cognitivo, físico, linguístico e social. Este projeto, aposta no jogar para aprender, jogar para consolidar aprendizagens, apoiando-se no recurso às ferramentas Web 2.0. 

Pretende alicerçar-se na motivação veiculada pelos jogos, e pela competição saudável, para que os alunos se empenhem e explorem os conteúdos procurando soluções alternativas e que possam reforçar a sua autoestima e potencial, jogando de forma lúdica e construtiva. Como finalidade, ainda numa segunda fase, os alunos tornarem-se eles próprios construtores dos seus próprios jogos, colaborando em grupo, e criando materiais e conteúdos digitais.

 

User Rating: 0 / 5

Piratas do Plástico Alvarinhos 2022

Captura de ecrã 2022 04 08 152002

No âmbito dos projetos Piratas do Plástico e Escola Azul, os alunos das turmas C, D e E do 5.º ano, nos dias 30 e 31 de março e 1 de abril, deslocaram-se ao Parque Ribeirinho José Afonso onde puderam tomar consciência das condições em que se encontram as margens e as diversas zonas do estuário do rio Tejo. Nesta zona, puderam observar as consequências da interação humana com este ecossistema, recolher informação sobre os resíduos plásticos/ outros presentes no nosso rio e suas margens. Neste contexto, foi realizada uma ação de limpeza das zonas de estuário, que rodeiam o Parque, que contou com a colaboração de pais e avós, e o apoio logístico da Junta de Freguesia do Lavradio. Com base numa amostragem dos resíduos recolhidos, os alunos irão analisar os dados, refletir sobre o problema da poluição no rio Tejo e apresentar à Comunidade os resultados do seu trabalho. No final, certamente irão ficar a saber mais sobre o estado dos nossos rios e quão poluídos por plásticos eles estão.

Este projeto, foi desenvolvido em Cidadania e Desenvolvimento, no âmbito da Educação Ambiental, e nas disciplinas de Ciências Naturais, procurando transmitir aos alunos que os ecossistemas costeiros são a expressão das condições de transição entre os ambientes marinho e terrestre e que é urgente tomarmos consciência da necessidade da sua proteção e preservação.

 

User Rating: 0 / 5

Concurso Canguru Matemático 2022 - EB23 de Álvaro Velho

Cartaz.Canguru2022     canguru2022 

No âmbito do Plano Anual de Atividades do Departamento de Matemática, decorreu no dia 17 de março de 2022, pelas 15h00, na escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos de Álvaro Velho, o Concurso Canguru Matemático 2022. Este concurso teve como objetivos, estimular o gosto e o estudo pela Matemática, promover a autoestima e autoconfiança - levando os participantes a perceberem que conseguir resolver os problemas propostos é uma conquista pessoal muito recompensadora - e permitir que os alunos descubram o lado lúdico da disciplina.

A Associação Canguru sem Fronteiras é uma associação de caráter internacional com o objetivo de promover a divulgação da Matemática elementar e é responsável pela organização anual do Concurso Canguru Matemático em todos os países participantes. Este concurso pretende estimular e motivar o maior número possível de alunos para a Matemática e é um complemento a outras atividades, tais como as Olimpíadas Matemáticas. Em Portugal, a organização deste concurso está a cargo do Departamento de Matemática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, com o apoio da Sociedade Portuguesa de Matemática.

No início dos anos 80, Peter O'Holloran, professor de matemática em Sydney, inventou um novo tipo de Concurso Nacional em escolas australianas: um questionário de escolha múltipla. Este concurso foi um enorme sucesso na Austrália. Em 1991, dois professores franceses (André Deledicq e Jean Pierre Boudine) decidiram iniciar a competição em França com o nome Canguru ("Kangourou") para prestar homenagem aos seus amigos australianos. Na primeira edição, participaram 120 000 estudantes, atraindo a atenção dos países vizinhos. Em Junho de 1993, o Conselho de Administração do Canguru Francês convocou um encontro europeu em Paris e sete países decidiram adotar o mesmo concurso. Em Junho de 1994, em Estrasburgo, no Conselho Europeu, a Assembleia Geral dos representantes de dez países europeus (Espanha, França, Grã-Bretanha, Hungria, Itália, Moldávia, Polónia, Rússia e Eslovénia) decidiram a criação do "Canguru Matemático sem Fronteiras". Atualmente, a associação conta com representantes de 86 países e mais de seis milhões de participantes em todo o mundo. Portugal participou pela primeira vez em 2005 no Canguru Matemático sem Fronteiras.

Categorias

O concurso, sem seleção prévia, consistiu numa única prova coma duração de 1h30min, realizada no mesmo dia em todas as Escolas, com questões de escolha múltipla (dez questões de três pontos, dez questões de quatro pontos e dez questões de cinco pontos) de dificuldade crescente. Participaram neste concurso 32 alunos do 3.º Ciclo, em duas categorias, de acordo com as respetivas idades: Benjamim (7.º e 8.º anos de escolaridade) e Cadete (9.º ano de escolaridade). Os alunos começaram com uma pontuação de 30 pontos, sendo que a pontuação máxima nas referidas categorias é de 150 pontos. Por cada resposta errada os participantes serão penalizados em 1/4 da pontuação da questão.

Divulgação dos resultados

A partir de 19 de abril, serão entregues os aos alunos participantes os enunciados da prova e divulgados os resultados internos. A Comissão do Canguru divulgará na sua página oficial o nome dos alunos participantes com as classificações a nível de Escola e a nível de Agrupamento.

Prémios

O Departamento de Matemática atribuirá aos alunos participantes no concurso, certificados de presença e classificação, bem como prémios aos que alcançarem a melhor classificação a nível de escola, em cada uma das categorias, numa cerimónia a ter lugar no 3.º Período. A Comissão do Canguru poderá atribuir prémios aos alunos com a melhor classificação a nível nacional, em cada uma das categorias.

A Comissão Organizadora do evento expressa o seu agradecimento a todos os professores envolvidos na preparação e operacionalização deste campeonato e congratula os alunos participantes pelo seu entusiasmo e desempenho. 

 

User Rating: 0 / 5

Campeonatos Interturmas Supertmatik de Cálculo Mental 2021-2022

cartaz

No âmbito do Plano Anual de Atividades do Departamento de Matemática, decorreram nos dias 23 de fevereiro, 02 e 03 de março, na Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos de Álvaro Velho, os Campeonatos Interturmas Supertmatik de Cálculo Mental 2021-2022. Esta competição desenvolvida em parceria com a editora EUDACTICA – dedicada ao desenvolvimento de materiais didáticos estimuladores da agilidade mental – teve como objetivos incrementar o gosto pela aprendizagem da Matemática; contribuir para a aquisição, consolidação e ampliação de competências e conhecimentos; fomentar o interesse pela prática do cálculo mental; desenvolver destrezas numéricas e de cálculo e detetar e divulgar talentos nesta área.

Aliando as componentes didática e lúdica, esta competição desenrolou-se em várias etapas de caráter eliminatório e contou com a participação de todos os alunos dos 2.º e 3.º Ciclos com vista ao apuramento dos finalistas.

Anexo1.CartazDivulgacao.Supertmatik2022.jpg

Anexo2.TabelaClassificativa.SuperTmatik2022

No final, foram atribuídos certificados e medalhas aos três primeiros classificados de cada escalão. Os alunos finalistas representarão a Escola na Grande Final Online – Fase Internacional, a ter lugar no dia 11 de maio de 2022. A competição foi vivida de forma afincada e tenaz. A Comissão Organizadora do evento expressa aqui o seu agradecimento a todos os professores envolvidos na preparação e operacionalização deste campeonato e congratula os alunos participantes pelo seu entusiasmo e desempenho.

  • Foto1
  • Foto10
  • Foto11
  • Foto12
  • Foto2
  • Foto3
  • Foto4
  • Foto5
  • Foto6
  • Foto7
  • Foto8
  • Foto9

Aos vencedores da 16.ª edição do campeonato escolar de cálculo mental, muitos PARABÉNS!

 

User Rating: 0 / 5

 Factos interessantes sobre a audição - explorando os sons - 5.º ano

Captura2022 03 10121923

Os alunos das turmas A,B,C,D e E do 5.º ano participaram, no âmbito do Projeto Escola Saúde (PES), e do PADDE do Agrupamento de Escolas de Álvaro Velho, num trabalho colaborativo onde exploraram várias temáticas relacionadas com a saúde auditiva, a poluição sonora e os limites de som dos seres vivos. Neste trabalho foram mobilizadas as aprendizagens realizadas na disciplina de educação musical, permitindo a exploração individual dos alunos, procurando incentivar a criatividade, a partilha, a reflexão e sistematização do conhecimento.